Dicas para curtir o Carnaval com cuidado - Projeto Imuno

Dicas para curtir o Carnaval com cuidado

Dicas para curtir o Carnaval com cuidado

Dicas para curtir o Carnaval com cuidado
Afinal, com a saúde não se brinca!

O Reinado de Momo chegou! E com ele os blocos se multiplicam pela cidade. Estar atento à saúde deve fazer parte da rotina de todo folião. Para brincar o Carnaval numa boa, alguns cuidados com o corpo são essenciais, pois evitam os problemas de saúde, como desidratação, intoxicações alimentares, insolações, contaminação por doenças e alergias. Os vários dias de agitação podem e devem ser curtidos com moderação. Preparamos algumas dicas para curtir a festa com responsabilidade e de maneira saudável. Afinal, com a saúde não se brinca!

Anote:

Cuide da hidratação

Verão, aglomeração de pessoas, dança, perda de suor e ingestão de bebidas alcoólicas. Diante de tantos fatores que podem contribuir para a perda exagerada de água, é fundamental garantir uma hidratação correta para evitar desidratação. É recomendada a ingestão de grande quantidade de água, sucos naturais e/ou de água de coco (mais de 2 litros/dia).

Atenção com os alimentos

Para aguentar os dias de folia é preciso alimentar-se bem. Entretanto, não se esqueça de ficar atento aos locais onde você vai comprar seus alimentos: verifique sempre se o produto está com boa aparência e acondicionado de maneira correta; não se esqueça de checar os hábitos de higiene daquele que vende o produto; e tenha também atenção com a sua higiene, lavando as mãos ou usando álcool gel antes de se alimentar. Dê preferência aos alimentos leves, evitando frituras e comidas ricas em gordura.

Precaução com a maquiagem

Há pessoas que abusam das maquiagens, no entanto, é bom ter alguns cuidados. Se a maquiagem causar algum ardor ou coceira, isso pode ser sinal de irritação ou alergia. Nesses casos, remova por completo o cosmético utilizado. O glitter pode desencadear lesões graves nos olhos e, até mesmo, perda de visão. Caso ele caia nos olhos, o ideal é utilizar água, soro ou lubrificantes oculares para remover o produto, e não os coce de forma alguma. Não compartilhe maquiagem, porque os produtos podem ser um meio de transmissão de doenças.

Não abuse do álcool

Apesar do consumo de álcool ser comum nessa época do ano, é importante evitar excessos. A pessoa alcoolizada pode ter: alteração do comportamento, conduta impulsiva, perda de equilíbrio, redução da capacidade de reagir a estímulos, diminuição da coordenação motora, náuseas, vômito e dores de cabeça. Em doses muito altas, o álcool pode levar ao coma. Portanto, bebidas alcoólicas devem ser ingeridas com moderação. E, se beber, não dirija.

Use protetor solar

É fundamental proteger-se dos efeitos dos raios UV. Se você vai se expor ao sol, use protetor solar (FPS 15, 30 ou 50, dependendo do tom da pele), bonés e chapéus. Lembre-se de reaplicá-lo a cada duas horas.

Proteja-se!

Se for ter relações sexuais, é primordial o uso da camisinha, independentemente do parceiro e da prática sexual adotada. Algumas DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) são transmitidas por sexo oral e muitas não causam sintomas visíveis. A camisinha previne infecções como sífilis, hepatite, gonorreia e, é claro, HIV.

Descanse

É importante descansar após os longos períodos de agitação. Dormir bem é fundamental, portanto, nada de virar noites sem descanso. A privação de sono está relacionada, por exemplo, com alterações de humor, cansaço, indisposição, irritabilidade e dificuldade de concentração.


Fonte: Uol